Tapera.Net - blog@tapera.net
sexta-feira, 9 de setembro de 2016
Juíza inova na cobrança de calote

Um empresário paulista - pouco dado a adimplir certas prestações mensais - ficará sem carteira de motorista, sem passaporte e sem todos os seus cartões de crédito. Em uma decisão inédita, a juíza Andrea Ferraz Musa, da 2ª Vara Cível de São Paulo (SP) entendeu que esse é o caminho para forçá-lo a pagar o que deve a uma concessionária de veículos.

A decisão – que teve repercussão jurídica nacional - usou como argumentos uma brecha do novo Código de Processo Civil. O fato foi veiculado com primazia pelo Espaço Vital na semana passada.

No mesmo dia do primeiro julgado, a mesma magistrada proferiu decisão idêntica, desta vez alcançando uma empresa devedora e seu principal sócio.

A magistrada seguiu a seguinte lógica: se os devedores não têm dinheiro para pagar as dívidas, eles também não terão como custear viagens internacionais, dirigir e manter veículos ou mesmo comprarem usando cartões de crédito.

Tal brecha do novo CPC diz respeito ao inciso 4º do artigo 139. Esse dispositivo dá amplos poderes aos magistrados para a determinação de medidas que forcem o cumprimento de suas decisões.


Postado por WM Internet as 08:48 e tem 7 comentarios
7 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

Tá certa a juíza.Caloteiro tem que ser punido severamente.

9 de setembro de 2016 08:57  
Anonymous Anônimo disse...

Certo!!! As pessoas adoram aparentar, devendo aos outros. Andar bem vestidos, ostentar em viagens e devendo é o fim!!!Que mundo é esse onde as pessoas acham que andar bem vestidas e bem maquiadas as faz melhores que as outras? VEJAM 1 SAMUEL 16:7. O culto a beleza e a ostentação estão levando as pessoas para um abismo.

9 de setembro de 2016 10:42  
Anonymous Anônimo disse...

Esse empresário deve ter tendências esquerdistas; acha que é só obter as coisas e não precisa pagar.Bem como a Dilma fez.Mas não adianta, a banca cobra, a banca paga!

9 de setembro de 2016 11:26  
Anonymous Anônimo disse...

Se alguém passar por dificuldades financeiras e atrasar uma conta (luz, água, telefone) correrá o risco de passar pelas mesmas penalizações? Como o caso fala sobre empresários com capital, e boa condição de vida e renda, então concordo com a punição, pois notadamente é má fé; contudo avaliemos essa jurisprudência como algo que mais adiante pode torna-se danoso ao trabalhador que corre para pagar suas contas, nem sempre no prazo. Seria ainda merecido ficar sem poder dirigir ( motorista profissional de alguma empresa) pois perderia sua habilitação? Tomara que essa prática seja tratada como excepcional e não como regra pelo judiciário, pois muita arbitrariedade e injustiça pode ser cometida.

11 de setembro de 2016 08:46  
Anonymous Anônimo disse...

Na sexta-feira (09/09/2016), o Tribunal de Justiça de São Paulo deferiu e liminar para imediata devolução do passaporte e o afastamento da suspensão do direito de dirigir veículos
automotores. Decisão proferida no habeas corpus impetrado pelo devedor daquela ação, determinou a devolução do passaporte e da CNH, por considerar que a decisão de primeira instância violava o direito de ir e vir.


Despacho
Habeas Corpus Processo nº 2183713-85.2016.8.26.0000
Relator(a): MARCOS RAMOS
Órgão Julgador: 30ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO
Trata-se de "habeas corpus" impetrado em decorrência de parte da
decisão proferida nos autos da execução de título extrajudicial proposta por
"Grand Brasil Litoral Veículos e Peças Ltda." em face de Milton Antonio
Salerno, que determinou a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação do
executado, bem como a apreensão de seu passaporte, até pagamento do débito
exequendo.
Aduzem os advogados do paciente, em síntese, que a coação é ilegal e
afetará o direito de locomoção, garantido constitucionalmente.
Assim, requerem a concessão de liminar para imediata devolução do
passaporte e o afastamento da suspensão do direito de dirigir veículos
automotores.
Em que pese a nova sistemática trazida pelo art. 139, IV, do CPC/2015,
deve-se considerar que a base estrutural do ordenamento jurídico é a
Constituição Federal, que em seu art. 5º, XV, consagra o direito de ir e vir.
Ademais, o art. 8º, do CPC/2015, também preceitua que ao aplicar o
ordenamento jurídico, o juiz não atentará apenas para a eficiência do processo,
mas também aos fins sociais e às exigências do bem comum, devendo ainda
resguardar e promover a dignidade da pessoa humana, observando a
proporcionalidade, a razoabilidade e a legalidade.
Por tais motivos, concedo a liminar pleiteada.
Comunique-se à autoridade coatora para que providencie as medidas
cabíveis e urgentes para o desfazimento do ato por ela praticado, bem como
encaminhe a este Tribunal as necessárias informações.
Após, os autos devem ser direcionados à douta Procuradoria Geral de
Justiça.
Int.
Após, conclusos.
São Paulo, 9 de setembro de 2016. Marcos Ramos
Relator

12 de setembro de 2016 16:33  
Anonymous Anônimo disse...

Pora favor né?! Estamos falando de alguém que deve a muito tempo... Todos os trabalhadores as vezes passam por dificuldades, mas isso não lhe dá o direito de nunca mais pagar. Injustiça se alguém ficar devendo a água e a luz? Se usou se organize para pagar, e tente diminuir para o próximo mês. Como existem pessoas que distorcem tudo. Tem que ser assim mesmo... Claro que tem pobre devendo por tudo e ostentando churrasco e cervejada no facebook, mas existe muito riquinho devendo em barzinho e postando foto na EUROPA. Gente de caráter não nega conta

12 de setembro de 2016 16:39  
Anonymous Anônimo disse...

o comentário das 16:39 do dia 12 matou à pau, disse tudo!!!!!

13 de setembro de 2016 09:40  

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários com palavrões e acusações pessoais. Por favor colaborem.

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos




 
Google
 

 




 

Últimos Posts

Caminhão bate em poste de luz e foge
Tarde cívico-cultural será realizada no domingo
O que faz o vereador, o prefeito e o vice-prefeito...
Reativação do Grupo de Escoteiros Cônego Bento
Novo Petrolão - Desta vez são os fundos de pensão
Ibirubá Florestal - Serão necessários 3 planetas p...
Mais da metade das famílias brasileiras continuam ...
Fotos - A poesia e a beleza que está ao nosso redo...
Lista dos que não retiraram o Abono Salarial do PI...
Atividades da Semana da Pátria iniciam amanhã, no ...

Arquivos

Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Dezembro 2012 Fevereiro 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Julho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Novembro 2015 Dezembro 2015 Janeiro 2016 Fevereiro 2016 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Junho 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016 Outubro 2016 Novembro 2016 Dezembro 2016 Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Março 2017 Abril 2017 Maio 2017 Junho 2017 Julho 2017 Agosto 2017 Setembro 2017 Outubro 2017 Novembro 2017 Dezembro 2017

 

 


WM INTERNET
Blog Home V?o Pol?ca Cidade Pol?a Eventos Obitu?o